Quinta-feira, 14 de Agosto de 2008

BENQUERENÇA-Penamacor

 

 

O Grupo Motard em destaque desta vez nesta rubrica, são os Cágados com sede na Benquerença, concelho de Penamacor. Este é Grupo é um exemplo de tenacidade, organização e Gosto pelo bem receber e irá este ano pela 4ª vez realizar a sua concentração anual de motos. Os níveis de qualidade que este evento já atingiu, justificariam desde logo uma visita a esta região nesta altura do ano, se juntarmos a tudo isto a simpatia e hospitalidade que só Os Cágados sabem ter, a boa gastronomia e um convívio descontraído onde impera quase sempre um excelente gosto musical…está tudo dito! O que falta mesmo é não perder esta oportunidade de visitar uma aldeia do interior profundo de Portugal onde as Motos e os Motociclistas têm um lugar especial. A todos os que se desloquem à Benquerença no próximo fim-de-semana, votos de boas curvas, aos Cágados muito sucesso na organização de mais este evento.

 

http://www.cagadosmotard.com/

 

 

Como Chegar à Benquerença?

 

Vindo de Lisboa (320 km), A1 + (saída Abrantes) IP6 + (saída Castelo Branco) IP2 + IC8 + EN233;

 

Vindo do Porto (270 km), A1 + (saída Viseu) IP5 + (saída Castelo Branco) IP2 + (saída Sabugal) EN233

 

 

 

 

 

BENQUERENÇA

 

Brasão: escudo de prata, charrua de negro realçada do campo, entre um ramo de oliveira de verde, frutado de negro, posto em faixa, em chefe e campanha diminuta ondada de azul e prata de três burelas. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com legenda a negro: "BENQUERENÇA".

 
Situada perto da margem esquerda da ribeira da Meimoa, no caminho de Penamacor para o Vale da Sra. da Póvoa, Benquerença encontra-se no extremo oeste do concelho de Penamacor e no seu limite com o do Fundão. É atravessada pela Estrada Municipal 570, que se pretende ser a via de acesso da Zona Norte do concelho de Penamacor à A 23, com ligação ao nó de acesso de Caria.
Benquerença dista 17 km da sede concelhia e conta também com a freguesia anexa de Quintas do Anascer.
 
benquerenca_vista por canilhorules.
Benquerença vista geral
 
Neste local existiu um povoamento romano, assim como em toda a região envolvente. Apesar da acentuada despovoação após a invasões árabes, Benquerença foi repovoada através da carta de aforamento a Penamacor, em 1189. Provavelmente o topónimo em "bem", advérbio, desta freguesia data desta época. Benquerença manteve-se sempre foreira à coroa e a Penamacor, conseguindo manter-se livre da influência de algumas famílias nobres que se haviam apoderado de outras freguesias do concelho.
 
Igreja Matriz de Benquerença
 
A nível eclesiástico, a instituição da paróquia de Benquerença remonta ao século XIII / XIV pela Sé egitaniense. O arrolamento paroquial mandado realizar em todo o País por D. Dinis, comprova que já existia em 1320, pois o monarca estipulou para a paróquia de Nossa Senhora da Quebrada de Benquerença a taxa a ser paga no montante de 40 libras. O cabido da Guarda apresentava o seu prior, que tinha de rendimento anual cento e vinte mil réis (quantia elevada para a época)
 
PATRIMÓNIO HISTÓRICO
 
- Igreja matriz: originalmente construída no século XIV.
 
- Capela de Santa Marta: localizada no cume da serra do mesmo nome. É uma pequena ermida (mais parece um nicho),  que segundo a lenda foi construída pelo povo por ali ter aparecido uma pequena imagem de Nossa Senhora.
 
- Capela de Nossa Senhora da Quebrada: recebe actualmente a maior festa da freguesia.

- Cruzeiro: tem uma data inscrita (1843), que segundo José Lopes Nunes em Roteiro do Concelho de Penamacor (1979), tinha como lenda o facto de em tempos idos, todas as freguesias que ficassem a menos de duas léguas da sede de concelho, no dia do Corpo de Deus, eram obrigados a fazerem-se representar na procissão  que ali se realizava. Como o caminho era difícil e penoso, um ano a Benquerença faltou e foi processada. O tribunal mandou medir a distância e como a freguesia ainda não chegava onde hoje chega, foi absolvida porque as duas léguas foram marcadas fora do perímetro da freguesia. Esta, em sinal de alegria e por se ver desobrigada daquele compromisso, construiu no local limite das duas milhas um cruzeiro, assinalando-o. A data deste acontecimento provavelmente terá sido a de 1843, que ainda está marcada na base do cruzeiro primitivo, tendo havido o cuidado de a preservar em posterior restauro (1959).
 
- Moinhos de água.
 
Praia do Moinho na Ribeira da Meimoa (Local da Concentração)
 
- Forno comunitário nas Quintas do Anascer: todo construído em pedra cantaria.
 
- Monumento em honra de Nossa Senhora dos Caminhos.
 
- Bebedouros em granito (sobretudo para os animais beberem água).
 
- Chafarizes em granito.
 
- Fontes de mergulho.
 
Slideshow
 
 
GASTRONOMIA
 
 
PRATOS TÍPICOS:
 
- Chanfana de ovelha.
- Fritada de porco.
- Sopas de couves.
- Sopas de grão.
- Enchidos.
- Pão caseiro.
 
DOÇARIA:
 
- Doces caseiros.
- Filhós.
- Arroz doce.
- Sopas doces (pela altura do Carnaval).
 
CURIOSIDADES:

- Na altura do Carnaval é tradição comer partes do porco, tais como os pés, as orelhas e parte do enchido. Mais interessante é o facto de as famílias andarem de casa em casa, cumprindo com esta tradição.
 
CHANFANA DE OVELHA
 
 
Ingredientes
 
1 Kg de ovelha
50 Gr de banha
1 1/2 Dl de azeite
100 Gr de toucinho entremeado
5 cebola (s)
5 Dente (s) de alho
2 Folha (s) de louro
2 Colher (sopa)  de colorau
4 cravinhos
1 Garrafa (s) de vinho tinto da Bairrada
Q.b. de sal
Q.b. de pimenta preta moída
 
Preparação

1.Compre a ovelha velha e peça no talho para a cortarem aos bocados.
 
2.Num recipiente de barro preto, coloque no fundo metade das cebolas cortadas às rodelas, e por cima metade do toucinho também cortados em cubos e por cima coloque a carne.
 
3.Por cima da carne, coloque o resto das cebolas e toucinho cortados como se disse anteriormente.
 
4.Tempere com o colorau, sal, pimenta, a banha, o azeite, o louro, os alhos picados ou esmagados e os cravinhos.
 
5.Cubra com o vinho tinto que deverá ser da região da Covilhã.
 
6.Tape o recipiente de barro e leve a chanfana a cozer no forno, que se não for forno de padeiro, deverá estar à temperatura de 180º C.
 
7.Deverá levar mais ou menos 5 a 6 horas a cozinhar, mas convém verificar se está cozido e apurado.
 
 
SOPA DE GRÃO
 
 
Ingredientes
 
250 g de grão seco
1 Cebola
0,5 dl de azeite
100 g de chouriço
1 Cubo de concentrado de caldo de galinha
1 Cenoura grande
50 g de ervilhas
Sal q.b.
 
Preparação
 
Deixe o grão de molho de um dia para o outro. Lave-o bem e coza-o na panela de pressão, com água temperada de sal, durante 20 minutos. Tire, escorra o caldo e guarde ambos.
Pique a cebola e refogue-a no azeite, juntamente com o chouriço, cortado em meias-luas, o cubo de caldo de galinha, a cenoura, em rodelas, e cerca de um litro e meio do caldo onde cozeu o grão.
Quando as cenouras estiverem quase cozidas, junte as ervilhas. Esmague algum grão e junte à sopa, bem como os restantes inteiros. Deixe ferver durante cinco minutos, rectifique os temperos e sirva bem quente.
 
VINHO
 
PIORNOS
Tinto
Adega Cooperativa da Covilhã
 
Vinho tinto de cor vermelho violeta, ligeiramente acastanhada, aroma a frutos maduros com ligeiras “nuances” de baunilha. Na boca é macio, agradável, com perfeita harmonia entre a fruta e a madeira.
 
Prémios
Colheita 2000 - Medalha de bronze no concurso "Wine Master Chalenge 2002" - Estoril
 
Tipo                                              D.O.C.
 
Castas utilizadas                           Trincadeira, Rufete e Jaen
 
Decantação                                   Estática a 16º
 
Fermentação alcoólica                   25 a 26 dias, com uma temperatura de 25º
 
Fermentação malolática                 Realiza-se após a fermentação alcoólica
 
Precipitação tartárica                     Pode aparecer sedimentos, uma vez que estes vinhos, dada a sua elevada qualidade, não sofrem qualquer estabilização pelo frio.
 
Engarrafamento                             Após estagiar durante alguns meses em cascos (barricas) de carvalho, este vinho permaneceu, após engarrafamento, 3 meses em estágio de garrafa.
 
Grau alcoólico                               13,0% vol.
 
RESTAURANTES
 
RESTAURANTE NOVA VIDA
 
Rua da Senhora da Quebrada, Benquerença
 
Dia(s) de Encerramento: Quartas
Especialidades: Cabrito assado no forno com batata de natas, Arroz à Valenciana
Estacionamento: Sim
Lotação: 50
Preço Médio: 5.00
Tipo de Restaurante: Regional, Português
Horário de Encerramento: 22:30
 
 
RESTAURANTE 1º DE JANEIRO
 
Rua da Senhora da Quebrada, Benquerença
 
Telefione: 277 377 116
 
 
PRODUTOS REGIONAIS
 
Fernando Manteigas Elvas
 
Rua Nossa Senhora da Quebrada - Benquerença
 
Tipo de produtos: Peças em Madeira, Barro, Gesso, Corticite, Azulejos e Bordados
 

 


publicado por Cavalo Alado às 00:02
link do post | comentar | favorito
|


Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


CALENDARIO DE EVENTOS

BLACK SABBATH 1ª Parte

BLACK SABBATH 2ª Parte

CALENDÁRIO DE EVENTOS

FREEBIRD

CALENDÁRIO DE EVENTOS

MISSA

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ESTAMOS DE LUTO

CONCENTRAÇÃO FARO 2011

ambiente(4)

as dez melhores motos de sempre(10)

biker lady accessories(1)

breve história dos motociclos(6)

calendário(103)

campeões de motociclismo(2)

cavalo alado saloon(4)

cavalo de ferro (opinião)(10)

choque(1)

choque!(6)

comemorações(23)

concentrações(11)

dakar teck(17)

destinos(2)

ética(10)

galeria de arte(11)

gastronomia e culinária(11)

histórias de motociclistas(17)

humor(23)

jogos(2)

legislação(5)

lendas do motociclismo(7)

lêr(10)

lisboa-dakar 2008(2)

loja das motos do cavalo alado(3)

luis torres 006(11)

marcas(35)

mecânica(5)

modalidades(1)

modelos(18)

moto gp 2007(30)

moto gp 2008-equipas e pilotos(8)

moto gp 2008-provas(16)

o grupo dog(2)

opinião(42)

os anjos(2)

os nossos panos(12)

ouvir(29)

poesia(22)

r.i.p.(2)

recados(132)

sabia que...(9)

segurânça(16)

spain tour(4)

tipos de motos(6)

vêr(22)

todas as tags

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Weather Forecast | Weather Maps