Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010

OS ORFÃOS

 

 

Por: Alfredo Nobre

 

 

 

representante

adj. 2 gén.

adj. 2 gén.

1. Que representa.

s. 2 gén.

2. Pessoa que tem o mandato de representar outra ou outras.

3. Ministro plenipotenciário, embaixador.

4. Caixeiro-viajante; corretor.

5. Deputado.

6. Actor!Ator ou actriz!atriz, comediante.

 

http://www.priberam.pt/dlpo/Default.aspx

 

 

Passados vinte anos de existência do maior órgão representativo dos motociclistas, é hora de fazer um breve balanço da sua actividade. Não querendo ser tendencioso, não poderei deixar de referir algumas situações que muitos companheiros e clubes vão colocando, quando se fala em sermos representados.

Claro que só pode sentir-se representado, aquele ou aqueles que de forma deliberada e consciente delegaram noutrem a sua representação, excluindo-se assim, naturalmente aqueles que, por opção própria não desejam ser representados, o nosso caso.

Se verificarmos atentamente, será fácil observar que a esmagadora maioria dos clubes e grupos motociclistas não se faz representar por qualquer entidade acima de si, ficando apenas uma curta franja sob a tutela da Federação Motociclista de Portugal. Tal facto por si só não desprestigia o papel e a responsabilidade que este órgão tem enquanto representante dos motociclistas.

Aquilo que poderá não estar bem, e é necessário dize-lo, sem qualquer intuito destrutivo ou oposicionista, são um avolumar de situações que ao longo das duas ultimas décadas transformaram aquele que deveria ser um elo de ligação entre motociclistas, numa caixa fechada onde apenas alguns se sentam, discutem e tem o poder de decidir. Se assim fosse sempre, menos-mal, o pior é que os motociclistas deixaram de ser tidos como elemento central quando se tomam decisões, passando a figura dos clubes a ter maior relevância.

O caricato da coisa, é termos clubes ou associações cuja finalidade não passa nem de longe nem de perto pela promoção do motociclismo mas que no seio da Federação tomam decisões que acabam por afectar todos os outros. Numa visita à página da FMP pode-se verificar a amalgama de associações que dela fazem parte, desde algumas de mero cariz recreativo a associações de todo-o-terreno, automóvel clubes, etc.

Claro que muitos, prestigiados e bons moto clubes aqui se fazem também representar, mas convém questionarmo-nos, que peso podem ter quando esbarram com interesses de outra natureza, trazidos por associações de outro cariz?

Depressa se pode chegar à conclusão que muito daquilo que não se tem feito por nós, homens das motos, se deve também a este estado de letargia em que temos vivido.

A cada ano que passa mais difícil se torna para os clubes permanecerem na FMP, muitos constatam não terem retorno algum pelo facto de serem federados. Claro que não se pode entender a FMP como a sopa dos pobres onde toda a gente vai cear, mas deveriam ser mais tidos em conta aqueles que optaram por se fazer representar, de forma a que algo de positivo encontrassem nesta instituição.

Desde já há alguns anos que foi instituído o GAM, Grupo de Acção Motociclista, nascido com o objectivo de criar capacidade reivindicativa junto dos poderes políticos e decisórios, uma vez que se entendeu não possuir a Federação essa capacidade. A criação deste novo organismo vem colmatar algumas necessidades no sector, contudo muitas vezes se vê confrontado com algumas dificuldades. Pegaremos a titulo de exemplo na situação das inspecções aos motociclos para vermos como as coisas funcionam… ou não.

È sabido que a grande pressão no sentido de obrigar os motociclos a ser inspeccionados é feita pelos construtores, disto ninguém tem duvidas e os próprios construtores assumem-no. Até podemos entender que as marcas vão puxando a brasa à sua sardinha, o que não entendemos já com tanta facilidade e serem estes mesmos construtores um dos esteios de sustentação da própria Federação, ao patrocinarem provas, eventos etc.

Constatando esta realidade facilmente se pode chegar à conclusão de que o Órgão representativo por excelência dos motociclistas pode estar refém de interesses diametralmente opostos aos dos próprios motociclistas.

A ser assim, entende-se com mais facilidade porque é que tantas coisas vão ficando por resolver neste pais na nossa classe. Continuamos a não ter estradas protegidas legalmente, a ser explorados nas portagens e no pagamento do selo, a ser discriminados nas gasolineiras, a sofrer da prepotência das seguradoras em caso de acidente, a não termos qualquer apoio jurídico que não aquele que é pago do bolso de cada um, a não sabermos às quantas anda a historia das inspecções, etc.

Na minha aldeia diz o povo “Cães e lobos comem todos”

Enquanto isso vou pensando em federar este pequeno clube.., talvez no Automóvel Clube de Portugal.

 

tags:

publicado por Cavalo Alado às 16:50
link do post | comentar | favorito
|


Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


CALENDARIO DE EVENTOS

BLACK SABBATH 1ª Parte

BLACK SABBATH 2ª Parte

CALENDÁRIO DE EVENTOS

FREEBIRD

CALENDÁRIO DE EVENTOS

MISSA

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ESTAMOS DE LUTO

CONCENTRAÇÃO FARO 2011

ambiente(4)

as dez melhores motos de sempre(10)

biker lady accessories(1)

breve história dos motociclos(6)

calendário(103)

campeões de motociclismo(2)

cavalo alado saloon(4)

cavalo de ferro (opinião)(10)

choque(1)

choque!(6)

comemorações(23)

concentrações(11)

dakar teck(17)

destinos(2)

ética(10)

galeria de arte(11)

gastronomia e culinária(11)

histórias de motociclistas(17)

humor(23)

jogos(2)

legislação(5)

lendas do motociclismo(7)

lêr(10)

lisboa-dakar 2008(2)

loja das motos do cavalo alado(3)

luis torres 006(11)

marcas(35)

mecânica(5)

modalidades(1)

modelos(18)

moto gp 2007(30)

moto gp 2008-equipas e pilotos(8)

moto gp 2008-provas(16)

o grupo dog(2)

opinião(42)

os anjos(2)

os nossos panos(12)

ouvir(29)

poesia(22)

r.i.p.(2)

recados(132)

sabia que...(9)

segurânça(16)

spain tour(4)

tipos de motos(6)

vêr(22)

todas as tags

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Weather Forecast | Weather Maps