Sexta-feira, 24 de Junho de 2011

Dicas de Segurança

 

1.Use sempre o equipamento adequado.  Não invente!

 

Quantas vezes já ouviu isto?!!, mas já parou para pensar no que isso quer dizer? Andar equipado não se resume ao uso de capacete, tem também que ver com protecção dos olhos, mãos, pés e tornozelos, joelhos e cotovelos. O equipamento não se resume às grandes viagens em estrada, sabemos que a maior parte dos acidentes graves acontecem dentro de perímetros urbanos. O calor não deve ser desculpa para o uso de equipamento apropriado, para evitar as altas temperaturas escolha equipamento arejado próprio para utilização numa moto.

 

 

2. Não seja forreta! Luz acesa sempre, de noite e de dia

 

Lembre-se que, a 40 metros de distância, uma moto pode desaparecer por completo do campo de visão de um automobilista, mesmo por detrás de espelho retrovisor central. Lembre-se que passa muito tempo fora do olhar dos automobilistas. A luz acesa aumenta as probabilidades de ser visto e o uso de capacete e roupas claras também podem ajudar.

 

 

3. Concentração! Não só de motos mas também do piloto na estrada!

 

A moto é mais rápida e menos visível que os demais veículos. Só isso bastaria para exigir muita concentração. Além disso a moto combina pouca segurança passiva com boa segurança activa. Por outras palavras, de um modo geral a moto tem mais facilidade que um carro para se livrar de situações difíceis (segurança activa). Mas se o acidente ocorrer (segurança passiva), o piloto estará menos protegido do que o automobilista.

Para que possa usufruir de segurança activa, o piloto tem de estar atento constantemente. Só assim pode utilizar todos os recursos que a moto possui para evitar acidentes. Até aquela antiga máxima que diz ensinamento, que diz "em caso de dúvida, acelere", só se pode aplicar se você estiver atento! Por isso, tudo aquilo que atrapalhe a concentração constitui perigo para o motociclista, principalmente a pressa, o nervosismo, o cansaço e o álcool.

 

4. En garde! Pilote de forma defensiva.

 

A atitude defensiva no trânsito significa conduzir tendo em conta a sua acção e a dos outros, Aprenda a antecipar-se em relação aos erros alheios e demais riscos. Pense que, uma vez envolvido num acidente, pouco adianta provar que a culpa foi de outra pessoa, depois de envolto em gesso (senão em madeira). Comk alguma atenção e experiência pode antever muitos erros alheios e sair impune dessas situações.

 

 

5. Conheça as ameaças mais comuns.

 

Quando anda de moto, está sujeito a situações de potencial risco típicas desse veículo. É preciso conhecê-los para saber evitá-los. Um dos principais são os frequentes apertões que sofremos no trânsito. Muitas vezes os automobilistas não têm intenção de fazer isso, apenas não se apercebem que está uma moto por perto. A atitude mais segura é ter sempre o pressuposto de que o automobilista não está a ver a sua moto. Mantenha uma boa margem de manobra.

Não se esqueça de outros pequenos imprevistos que, para um motociclista, são uma ameaça. Um peão distraído, um cão apressado, um pássaro em rota de colisão com a viseira ou fios/cordas atravessadas no seu caminho podem acabar com o seu passeio.

 

(Cow) , Cow Crossing Road

 

6. Desenvolva o autocontrole!

 

Bem sabemos que acelerar numa moto pode ser tão agradável e excitante a ponto de o prazer apagar a noção de prudência. Por isso, sem uma boa dose de autocontrole pode vir a ser vítima de si próprio. Adrenalina é necessária, mas no momento e no lugar certo. De preferência, num circuito próprio para altas velocidades.

 

Ultra High Speed Motorcycle

 

7. Identifique as armadilhas do solo.

 

Em cima de duas rodas não existe segunda oportunidade. Se for traído pelo solo numa curva, é provável que vá lamber o pó. Piso molhado, areia solta, buracos, bosta de vaca e, principalmente, óleo na estrada, podem estar onde você menos espera. Lembre-se que, em curva, o alcance da visão é pequeno. Também é nas curvas e nas rotundas que os autocarros e os camiões com os tanques cheios derramam gasóleo.

Produtos escorregadios também se podem soltar da carga (coisas tipo grãos, leite ou frutas no chão significam perigo de derrapagem).

 

 

8. Viajar à noite, não.

 

Pode ser que um dia tenhamos condições propícias para viagens nocturnas. Por enquanto, não temos. Para começar, a maior parte das motos não tem iluminação eficiente, embora os fabricantes já comecem a corrigir esse problema nalguns modelos de última geração. Além disso, a viseira de capacete não tem limpa vidros. Imagine-se à noite, debaixo de chuva, com a luz dos faróis reflectida na viseira molhada. A lama que os camiões deitam na viseira também atrapalha a visão. Mas o pior de tudo é que a maior parte das nacionais é precária e mal sinalizada, não permitindo uma viagem segura durante a noite.

 

9. Olhe para a frente. 

 

De tão óbvia, tal recomendação seria cómica se o motivo não fosse trágico. Muita gente se espantaria se houvesse um sensor capaz de acusar quantas vezes desviamos os olhos enquanto pilotamos. Seja para ver um outdoor, identificar uma moto diferente que passa, observar um ajuntamento na esquina, "micar" uma miúda gira, admirar a paisagem ou para conversar com o pendura. Uma quantidade considerável de acidentes acontece naquele exacto momento em que o piloto detém os olhos no retrovisor ou nalgum ponto que não seja à sua frente.

 

10. Assaltos, um perigo cada vez maior.

 

Como se não bastassem todos estes cuidados e os "abusos" que sofremos no trânsito, agora temos mais um problema. Os larápios estão de olho nas nossas motos, sejam elas pequenas ou grandes. Infelizmente, não há muito a fazer. Reagir não é aconselhável. Acelerar para escapar é outro risco. Então, se estiver sozinho, evite locais onde os amigos do alheio tenham facilidade de agir. Geralmente usam outra moto para abordar as vítimas.

Fique atento sempre que alguma moto com dois ocupantes se estiver a aproximar. Quando estacionar, procure escolher locais menos vulneráveis e use algum dispositivo anti-furto na moto. 

Pensamentos positivos 

 

Depois de ler estas dicas, poderá dizer: "se sair por aí a pensar em quedas e acidentes, vou acabar mesmo por cair!" 

De facto. Se se concentrar no tombo, tem boas hipóteses de cair. Aliás, acontece algo parecido sempre que o piloto se quer desviar de um buraco mas, em vez de olhar para o desvio, fixa os olhos no obstáculo. Vai passar sobre o buraco, de certeza.

O segredo é simples: mentalize as reacções correctas, pense sempre na conduta segura e não naquilo que pode fazer de errado.  

 

Extraído e adaptado de http://www.sobresites.com/motociclismo/segbasica.htm

 

R.I.P.

Ride In Peace!

 


publicado por Cavalo Alado às 01:08
link do post | comentar | favorito
|


Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


CALENDARIO DE EVENTOS

BLACK SABBATH 1ª Parte

BLACK SABBATH 2ª Parte

CALENDÁRIO DE EVENTOS

FREEBIRD

CALENDÁRIO DE EVENTOS

MISSA

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ESTAMOS DE LUTO

CONCENTRAÇÃO FARO 2011

ambiente(4)

as dez melhores motos de sempre(10)

biker lady accessories(1)

breve história dos motociclos(6)

calendário(103)

campeões de motociclismo(2)

cavalo alado saloon(4)

cavalo de ferro (opinião)(10)

choque(1)

choque!(6)

comemorações(23)

concentrações(11)

dakar teck(17)

destinos(2)

ética(10)

galeria de arte(11)

gastronomia e culinária(11)

histórias de motociclistas(17)

humor(23)

jogos(2)

legislação(5)

lendas do motociclismo(7)

lêr(10)

lisboa-dakar 2008(2)

loja das motos do cavalo alado(3)

luis torres 006(11)

marcas(35)

mecânica(5)

modalidades(1)

modelos(18)

moto gp 2007(30)

moto gp 2008-equipas e pilotos(8)

moto gp 2008-provas(16)

o grupo dog(2)

opinião(42)

os anjos(2)

os nossos panos(12)

ouvir(29)

poesia(22)

r.i.p.(2)

recados(132)

sabia que...(9)

segurânça(16)

spain tour(4)

tipos de motos(6)

vêr(22)

todas as tags

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Weather Forecast | Weather Maps