Quarta-feira, 5 de Março de 2008

SCOTT

 

 

1904 Scott patent drawing

O Projecto patenteado em 1904

 The Scott factory production Line

A Linha de Montagem da Scott em meados dos anos 20

Scott logo

Alfred Angus ScottA Scott Motorcycle Company tem origem na Scott Motors (Saltaire) Limited sedeada em Shipley, Yorkshire Oeste, Reino Unido e é uma famosa empresa construtora de motociclos e motores pequenos para a indústria.

A Companhia foi fundada por Alfred Angus Scott (1875 - 1923), nascido em Manningham, Bradford. Fértil inventor, registou mais de 50 patentes só entre 1897 e 1920, relacionadas com motores de dois tempos e inventos para veículos.

Faleceu com uma pneumonia incurável.

The first Scott - 1908

Scott 1908

Após algumas experiências com um dos seus motores aplicado numa bicicleta de pedais, Scott projectou um motociclo completo equipado com um dois cilindros de 450cc a dois tempos aplicado num quadro triangular e com uma engenhosa transmissão de duas velocidades, accionadas por um pedal.

Uma outra inovação foi o pedal de arranque o qual patenteou. As primeiras máquinas com este design foram construídas pela Jowett em 1908 mas em breve Scott passou a construí-las ele próprio. Com este design inovador, as motos Scott obtiveram vários sucessos desportivos, sobretudo antes da primeira Guerra Mundial, incluindo voltas mais rápidas no TT da Ilha de Man em 1911, 1912, 1913 e 1914, tendo mesmo vencido a prova em 1912 e 1913.

A Scott especializou-se assim no fabrico de motos de competição e de estrada. A motorização de 532cc, revelou-se uma alternativa ao cavalo, muito apreciada pelos cavalheiros da época Eduardiana em Inglaterra.

 

1912 2-speeder

Scott 1912

 

Scott Standard Model

 

2-speed Super Squirrel 

O primeiro modelo desportivo comercializado foi o Squirrel de 1922 que vinha equipado com um motor de 486cc, capaz de ser “puxado” aos 500cc para competição, quando bem preparado e aplicados pistões em alumínio.

Já ao modelo Super Squirrel, vinha equipado com motor de 498cc ou de 596cc e foi a coqueluche de produção de meados dos anos 20. Após a primeira guerra mundial a Scott não conseguiu os sucessos anteriores mas mesmo assim obteve a terceira e quarta posição no TT em 1922 e a terceira em 1924. A partir de 1923 ficou disponível uma motorização de três velocidades com transmissão convencional, a qual se revelou muito apropriada para provas de trial.

2-speed Flying Squirrel

Scott Flyer Touring model

Scott Flyer De Luxe

Scott Tourer finais dos anos 20

Nos finais dos anos 20 o design das Scott muda e a maior mudança deu-se com a apresentação da nova Flying Squirrel entre 1926 e 1927. Com um redesenhado motor de três velocidades com 498cc ou 596cc, montado sobre um duplo quadro, era uma revolução dentro dos conceitos habituais da Scott.

Em 1928 outro terceiro lugar no TT, foi motivo para a produção do modelo TT Réplica o qual foi o responsável pelo salvamento das vendas durante um ano ou dois.

A produção continuou com a introdução da série limitada do modelo de luxo de três cilindros e 747cc, uma 300cc arrefecida a ar bastante austera, a Lightweight Squirrel, um autociclo de 98cc, o Cyc-Auto o qual era uma variação ligeira da linha Flying Squirrel. Esta gama conseguiu manter o interesse do mercado até aos anos 30, mas após o final da Segunda Guerra mundial, a Scott era um exemplo do estado da indústria motociclista inglesa, a qual não tinha conseguido evoluir em termos de inovação, mantendo-se os modelos Scott muito parecidos àquilo que eram em 1926.

 

 

 

TT Replica

1930/31 TT Replica

 

 

Typical 1931 - 1933 'single downtube' Flyer

1931-1933

 

 

1935 Flyer

 

Alfred Angus Scott tinha abandonado a companhia em 1915 e após a primeira guerra mundial fundou a Scott Autocar Company nos arredores de Bradford, com o objectivo de construir uma versão civil do modelo militar de três rodas chamado Sociable.

Durante os anos 30 a Scott produziu uma série de pequenos motores para a indústria, talvez como forma de reforçar as vendas dos modelos de motos. Alguns destes motores derivavam dos motores aplicados em motos, como o DSE, arrefecido a água era uma derivação do Lightweight Squirrel, já o modelo SE derivava dos motores da série Fleyers. A maior característica destes motores era o seu design inovador.

Muitos destes motores foram utilizados como geradores, nomeadamente nas unidades antiaéreas durante a segunda guerra Mundial. Estes motores não foram produzidos, durante este período, exclusivamente pela Scott, a Jowwett, primeiro fabricante dos modelos de Alfred Angus Scott, também os produziu.

Em meados dos anos 30 iniciou o desenvolvimento de motores de alta qualidade para aviões. O principal comprador foi a Flying Flea, fundada pelo francês Henri Mignet com a construção do modelo de avião HM.14 Pou du Ciel.

O motor Scott Flying Squirrel foi assim desenhado por William Cull para potenciar esta “moto dos céus”. Era um motor a dois tempos com dois cilindros invertidos em linha e arrefecido a ar. Em breve ficaria disponível um modelo arrefecido a óleo. O preço destes motores era de £50.

Cerca de 70 motores destes foram produzidos entre 1935 e 1937, destes 22 ainda existem, a maior parte no Reino unido. Os modelos equipados com estes propulsores foram para além do já referido H.M 14 Flying Flea, o Barnwell BSW Mk1, Luton Buzzard, Luton Minor, Dart Flittermouse, Howitt Monoplane, Wren Goldcrest and Debruyne Ladybird.

 

 

 

Clubman Special + cylinder wall oiling illustration

1939 Clubmans Special

 

 

Scott_Driving_Instructions_1940_page.jpg

Catálogo Scott 1940

Scott_Flying_Squirrel_600cc_Brochure.jpg

Em 1950 a companhia foi posta à venda e acabou sendo adquirida pela Matt Holder's Aerco Jig and Tool Company in Birmingham. A Aerco continuou no início a produzir o mesmo modelo, provavelmente aproveitando as peças existentes, mas em breve um novo quadro foi desenvolvido no sentido de ser colocada uma suspensão traseira. Os modelos 'Brum' Scotts ficariam disponíveis nos anos 60.

Foi apresentada como novidade o novo motor de 493cc montado no modelo Scott Swift, mas este não viria a ter o sucesso desejado.

Scott logo

 

The Birmingham Scott

Birmingham Flying Squirrel 1960

 

 

Silk Scott

Silk Scott

 

 

Silk 700S - the MK1 Silk

Mk1 Silk 700S - 660cc

 

tags:

publicado por Cavalo Alado às 22:25
link do post | comentar | favorito
|


Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


CALENDARIO DE EVENTOS

BLACK SABBATH 1ª Parte

BLACK SABBATH 2ª Parte

CALENDÁRIO DE EVENTOS

FREEBIRD

CALENDÁRIO DE EVENTOS

MISSA

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ESTAMOS DE LUTO

CONCENTRAÇÃO FARO 2011

ambiente(4)

as dez melhores motos de sempre(10)

biker lady accessories(1)

breve história dos motociclos(6)

calendário(103)

campeões de motociclismo(2)

cavalo alado saloon(4)

cavalo de ferro (opinião)(10)

choque(1)

choque!(6)

comemorações(23)

concentrações(11)

dakar teck(17)

destinos(2)

ética(10)

galeria de arte(11)

gastronomia e culinária(11)

histórias de motociclistas(17)

humor(23)

jogos(2)

legislação(5)

lendas do motociclismo(7)

lêr(10)

lisboa-dakar 2008(2)

loja das motos do cavalo alado(3)

luis torres 006(11)

marcas(35)

mecânica(5)

modalidades(1)

modelos(18)

moto gp 2007(30)

moto gp 2008-equipas e pilotos(8)

moto gp 2008-provas(16)

o grupo dog(2)

opinião(42)

os anjos(2)

os nossos panos(12)

ouvir(29)

poesia(22)

r.i.p.(2)

recados(132)

sabia que...(9)

segurânça(16)

spain tour(4)

tipos de motos(6)

vêr(22)

todas as tags

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Weather Forecast | Weather Maps