Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008

BMW R 1200 C

 

 

Fabricante: BMW
Modelo: R 1200 C
Estilo: Cruiser
 
 
Este modelo cruiser da BMW surgiu nos Estados Unidos nos anos 50. O design tradicional das grandes motos cruiser (linhas arredondadas, posição descontraída de dirigir, muitos cromados) foi conciliado com a tecnologia BMW, produzindo uma moto ágil e fácil de guiar, com um desempenho excepcional na sua categoria.
O novo boxer da R 1200 C é o único motor de seu tipo no mundo a equipar uma moto cruiser. A suspensão dianteira utiliza o sistema Telelever, enquanto na traseira foi aplicado o sistema BMW Monolever. Outra característica da cruiser da BMW é o uso de ABS (opcional) e catalisador (standard).

 

 
Foi a Harley-Davidson quem criou o estilo das motos custom, há praticamente um século. Desde então, inúmeras outras marcas a imitam, cada uma a seu jeito, mas sempre com a mesma essência. No entanto, um fabricante resolveu apostar na singularidade para o seu modelo custom e o resultado não poderia ter sido melhor. A R 1200 C da alemã BMW é uma custom, mas não como as outras.
 
O desenho da R 1200 C é bastante atraente, com linhas sinuosas, o tanque de combustível em destaque e o guiador alto e recuado, típico da categoria
 
A diferença começa no propulsor. Em vez dos tradicionais V-twin’s, está um dois-cilindros opostos horizontalmente, a famosa configuração boxer -- não menos tradicional que os V2, pois a BMW utiliza-a em motos desde o primeiro modelo, a R 32 de 1923.
 
 
O motor Boxer equipa as motos BMW desde 1923
 
São os exactos 1.170 cm³, quem geram 61 cv às 5.000 rpm e um torque de 9,68 m.kgf a 3.000 rpm. Além da potência específica bastante contida, 52 hp, percebem-se os baixos regimes em que os pontos máximos aparecem, lembrando um tranquilo motor de automóvel. Esses números reflectem-se na aceleração dos 0 aos 100 km/h em 5,8 s e na velocidade máxima de 168 km/h, resultados excelentes para uma moto com 256 kg que tem como proposta alto torque em baixos regimes.
 
Motor da BMW R 1200 C, destaca-se o catalisador de série
 
Apesar do conceito antigo, o boxer adopta quatro válvulas por cilindro e alimentação através de injecção electrónica. A refrigeração é feita por ar e óleo, e instrumentos com accionamento mecânico não existem -- tudo é accionado electronicamente. A caixa de cinco velocidades, mais do que suficiente para o motor "torcudo", transmite potência à roda traseira através do eixo de cardã, que garante suavidade e silêncio.
 
A transmissão à roda traseira é feita por cardã
 
As suspensões são um caso à parte. A dianteira é mono amortecida, utilizando o sistema Telelever com uma bandeja triangular. A traseira é chamada de Monolever e a sua balança está presa ao cardã. Do lado esquerdo não existe braço, portanto a ligação da roda com a suspensão dá-se apenas através do cardã. Ao observarmos a R 1200 C pelo lado esquerdo, ficamos com a impressão de que a roda está solta.
 
 
O conceito de motor boxer vem desde 1923, mas este tem injecção electrónica e quatro válvulas por cilindro. A roda traseira é fixada apenas pelo cardã do lado direito
 
Não há nada a esconder qualquer detalhe mecânico nesta moto: a BMW optou por utilizar esses componentes na composição da personalidade do modelo. A solução causa a impressão de uma moto robusta, perfeita para encarar vários quilómetros de estrada pela frente -- e não é só impressão.
 
A robustez e os materiais nobres abundam neste modelo Cruiser da BMW
 
Ainda que grande e pesada, pilotar a R 1200 C não é complicado. O centro de gravidade é bastante baixo, em boa parte devido à construção boxer do motor, e contribui o grande torque disponível em baixos regimes. A estabilidade é muito boa, para o que concorre o largo pneu traseiro e o bom sistema de suspensão tanto dianteiro como traseiro.
 
 
Os sitemas de suspensão Telelever na frente e Paralever na traseira conferem maior desempenho e conforto a este modelo
 
Mas o ponto alto encontra-se nos travões, equipados com sistema anti travamento (ABS) opcional. Não se pode negar a importância do equipamento numa moto, pois uma roda travada neste tipo de veículos resulta quase sempre em queda. A BMW foi a primeira marca do mundo a utilizar esta forma de tecnologia em motos e ainda é uma das poucas. Naturalmente não faz milagres: a eficiência do anti travamento restringe-se à posição vertical, pois a aplicação dos travões com a moto inclinada numa curva permanece arriscada.
 
Além da R 1200 C básica, a BMW oferece esta Independent, com um pequeno pára-brisas e outros elementos de estilo.
 
O conforto do piloto é perfeito, seja pela posição de pilotagem, seja pelo grande banco reservado para ele. O do pendura é demasiado pequeno e desconfortável. Tanto que conta com um sistema basculante, que o transforma em um encosto para o piloto -- sem dúvida a melhor maneira de o utilizar. Os instrumentos são muito bons, o único senão são os botões de accionamento das luzes dos piscas.
Existe um botão do lado esquerdo, para accionar a luz desse lado, e outro para a do lado direito, o que pode gerar uma certa confusão até o condutor se habituar a essa peculiaridade. Não há conta-quilómetros e o velocímetro está um pouco deslocado para a esquerda; à direita fica o conjunto das luzes-piloto. É um belo painel, ainda que seja simples, e não destoa do conjunto.
 
O Painel é simples mas eficaz
 
Os cromados estão presentes, mas em dose homeopática. Observam-se no corpo do velocímetro, farol, espelhos, cilindros, escapes e descanso lateral. Muitas partes que poderiam receber esse tipo de tratamento, como a forquilha dianteira e a base do tanque de gasolina, por exemplo, recebem um acabamento na cor grafite-claro, talvez para distanciar ainda mais a R 1200 C das customs tradicionais. O resultado é excelente: esta moto é uma das mais belas produzidas pela BMW e tem visto o seu desenho ser premiado mundialmente.
 
A proposta é tranquila: motor com um óptimo torque em baixas rotações, posição confortável para o piloto. E a segurança dos travões anti bloqueio ABS, que a BMW introduziu no mundo motociclistico.
 
Como uma empresa que nasceu com o intuito de produzir motores para aeronaves, a Bayerische Motoren Werke, ou Fábrica de Motores Bávara, não poderia conceber carros e motos que não fossem verdadeiros "aviões". E a R 1200 C tem a particularidade de se inserir numa categoria de modelos tradicionais, sem deixar de ser moderna ou perder a singularidade.

EVOLUÇÃO
 
 
2000
Apresentação do modelo Avantgarde (Aspecto Grafite) Desliga automático da luz de piscas
 
2001
Quatro modelos todos com ABS:
 
R1200C, o modelo standard fica disponivel emcor Marfim, Negro Noite, Flashtone e Verde Metálico
 
R1200C Euro, Com barras de protecção do motor e pintura e acabamentos em grafite
 
R1200C Montana, com viseira de turismo malas de Viagem e cor preta
 
R1200C Phoenix, com jantes de liga leve, faróis de halogéneo e mais elementos cromados
 
Novembro de 2001
 
Suporte do farol traseiro muda de plástico para metal cromado
 
2002
Lançado o modelo R 1200 CL
 
2003
Novo modelo "Montauk" com ignição dupla , melhoramentos na caixa de velocidades e ABS opcional integrado.
 
 
 
 
2004
Ignição dupla, melhoramentos na caixa de velocidades e ABS opcional integrado. Auto carregador de bateria
 
 
 
CARACTERISTICAS GERAIS
 
Motor:                              4 Tempos, 2 Cilindros Boxer, Refrig. mista Ar/Óleo, SOHC, 08-válvulas
Cilindradas:                     1170 cc
Potência Máxima:            61,8 cv a 5.000 rpm
Torque Máximo:              98 Nm a 3000 rpm
0 a 100Km:                       5,43 seg
Velocidade Final:            170,4 Km/h
Sistema de Partida:         Elétrica
Capacidade do Tanque:  17 Litros
Suspensão Dianteira:       Telelever, curso de 144mm
Suspensão Traseira:         Monolever, com curso de 100mm
Freio Dianteiro:                 02 Discos de 305mm
Freio Traseiro:                  Disco de 285mm
Pneu Dianteiro:                100/90-18
Pneu Traseiro:                 170/80-15
Comprimento:                  2340 mm
Largura:                           1050 mm
Altura:                              1130 mm
Altura do Assento:            740 mm
Peso Seco:                       256 kg

 



 

tags:

publicado por Cavalo Alado às 15:57
link do post | comentar | favorito

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30