Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

Superbikes

Miguel Praia ajuda Michael Schumacher a melhorar pilotagem

No passado fim de semana no Autódromo do Algarve

 

Foram 52, com várias saídas para a pista, as voltas que Michael Schumacher completou este domingo 8/02 no Autódromo Internacional do Algarve. Estes treinos privados levados a cabo pelo piloto alemão, com a presença de parte da equipa da Parkalgar, contaram com o apoio do piloto português Miguel Praia. Praia esteve presente para ajudar o Schumacher a evoluir desempenho na pista, tanto melhorando as suas trajetórias como na afinação da própria moto.
 
Image
 
Michael Schumacher, recorde-se, irá fazer este ano o Campeonato Alemão de Superbikes, no qual ambiciona ficar entre as dez primeiras posições. Este é um objetivo que explica o trabalho aturado que vem fazendo em cima das suas motos, muito empenhado e constante.
 
Honda faz oferta a Michael Schumacher -

Durante a manhã Michael Schumacher fez várias saídas para a pista, tendo as suas melhores voltas sido na casa do segundo “52, com Miguel Praia a ter um papel mais passivo, tentando perceber onde o alemão estava errando. As maiores dificuldades, pelo que pudemos apurar, estavam na curva 3, uma direita muito lenta, e na rápida entrada da reta.

Da parte da tarde o trabalho de colaboração entre os dois pilotos foi mais estreito. Miguel Praia saiu com a moto de Schumacher para perceber as dificuldades do alemão, e ao fim de três voltas regressou às boxes com a sentença. A moto estava demasiado dura de suspensões, o que explica parte das dificuldades que Schumacher tem em manter algumas trajetórias. Queixa-se que em alguns pontos não consegue manter uma aceleração constante ao longo da curva, já que sente a moto abrir a trajetória, obrigando a cortar acelerador e a perder velocidade.
 
Image

De seguida, Schumacher saiu com uma das motos da Parkalgar tendo feito logo tempos constantes de 1,52, e percebeu o comportamento que a moto pode ter com uma afinação de molas mais suaves.

Depois dos conselhos de afinação de suspensões, a moto de Schumacher viu a pré-carga das molas retirada, já que não pôde trocar as molas por umas de pressão menor, uma vez que não as possuía. Mais uma saída para a pista e os tempos caíram abruptamente, tendo “Schummi” passado a rodar no segundo “49.

Mais uma saída para a pista juntamente com Praia, a pretexto de fazer filmagens ,leva, Schumacher a baixar para 1,48, tempo dentro do qual rodou constante por umas voltas. Aqui conseguiu o seu melhor tempo de 1,48,686 (1.43,294 foi o melhor tempo conseguido no circuito, por Shayne Byrne nos últimos testes de SBK em Janeiro). Numa análise dos tempos parciais das suas voltas, o seu tempo ideal (o somatório dos seus melhores tempos intermédios em cada setor) é de 1,48,3.

No circuito de Portimão Schumacher apresentou-se com duas Honda CBR 1000 RR, motos que se encontram dentro do nível de desenvolvimento permitido pelo campeonato alemão no que respeita a ciclística, que é bastante limitado. Ao nível do motor pouco se pode fazer. Miguel Praia apenas contou com as suas motos do ano passado, já que as desenvolvidas para a temporada 2009 estão na Inglaterra prontas para embarcar para Phillip Island, palco da primeira prova do ano.
 
Image

Durante todo o dia impressionou a vontade que Schumacher, com uma atitude que não é a de quem quer apenas passar uns bons momentos. Por outro lado, a sua experiência em competição é patente na forma metódica com que leva toda a sua atividade, fazendo tempos logo na primeira volta que sai. Michael Schumacher irá continuar o seu trabalho de treino nas próximas semanas com mais treinos em pista, mas agora fora de Portugal.

 

Fontes:

http://www.motociclismo.pt/

http://www.rodao.com.br/

 

tags:

publicado por Cavalo Alado às 10:03
link do post | comentar | favorito

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30