Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

Helder Rodrigues

Hélder Fernando Simões Cerqueira Rodrigues (Lisboa, 28 de Fevereiro de 1979) é um motociclista de enduro português, tornado conhecido sobretudo pela sua participação no Rali Dakar de 2007.

 

Hélder Rodrigues obteve a sua primeira classificação de destaque ao terminar o campeonato regional de motocross de 1994 em 2º lugar. Nos anos seguintes foi melhorando as suas classificações, até que em 1999 venceu o nacional absoluto de enduro, correndo com uma Yamaha YZ 250. Desde 1999 até 2006 venceu sempre o campeonato nacional de enduro.

 

Em 2006 Hélder Rodrigues participou pela primeira vez no Lisboa Dakar, integrado na equipa Bianchi Prata Competições, terminando a prova no 9º lugar.

 

No Lisboa Dakar 2007, após ter ficado a apenas 16 segundos de Ruben Faria na primeira etapa, Hélder Rodrigues venceu a segunda etapa entre Portimão e Málaga e passou a liderar a classificação geral das motos, que perdeu na terceira etapa. Nesta edição do rali, venceu ainda a décima etapa, disputada em redor de Néma na Mauritânia, vindo a terminar a prova no quinto lugar.

 

Na penúltima etapa do Rali todo-o-terreno da Argentina, Hélder Rodrigues sofreu um grave acidente que levou a que se retirasse o seu baço, e a que tivesse sido necessária uma cirurgia a um dos seus braços. Até ao momento ainda não saiu do hospital, tendo sido previsto inicialmente um tempo de estadia na clínica onde se encontra de 2 semanas.

http://pt.wikipedia.org/wiki/H%C3%A9lder_Rodrigues

 

 

Todo-o-terreno: Rali Argentina - Hélder Rodrigues deverá permanecer internado no Chile duas semanas

 

 

Buenos Aires, 05 Set (Lusa) - O motard português Hélder Rodrigues deverá permanecer internado por duas semanas na clínica chilena onde lhe foi retirado o baço, na sequência de uma queda sofrida no rali todo-o-terreno da Argentina, revelou a assessoria de imprensa do Team Lagos.

"Segundo confirmou a equipa médica que acompanha Hélder Rodrigues, o piloto passou bem a noite, mas devido a algumas dificuldades em respirar, fruto de quatro costelas partidas, é aconselhável que se mantenha na clínica chilena por mais duas semanas", refere um comunicado da equipa do piloto luso.

O texto refere ainda que "o estado de saúde do motard está completamente estabilizado, mas continuará a receber a ajuda do ventilador", que está a permitir ao piloto ter respiração assistida.

"Os médicos que o estão a assistir afirmaram que o piloto não deverá ter problemas no aparelho respiratório e, logo que seja capaz de largar a respira��ão assistida, será submetido a uma TAC para confirmar o prognóstico", acrescentou a mesma fonte.

A assessoria de imprensa do Team Lagos precisou à Agência Lusa que é provável que "Hélder Rodrigues continue por mais algumas horas em coma induzido, para evitar o desconforto das dores e dos tubos que estão a permitir a respiração assistida".

O piloto reagiu bem a uma intervenção cirúrgica efectuada terça-feira para lhe retirar o baço numa clínica da cidade de Antofagasta, a cerca de 300 quilómetros de Buenos Aires, disse à Lusa a mesma fonte.

Hélder Rodrigues foi vítima de uma aparatosa queda na penúltima etapa do Rali da Argentina em todo-o-terreno,

No momento em que sofreu o acidente, na terça-feira, Hélder Rodrigues ocupava o terceiro posto da classificação geral do Rali da Argentina, conquistado no final da sétima e antepenúltima etapa da prova sul-americana.

O motard português brilhou este ano no Lisboa-Dacar, a mítica prova de todo-o-terreno onde alcançou um quinto lugar na classificação geral das motos, a melhor de sempre de um português na categoria, e encontrava-se na Argentina para preparar a próxima edição da mesma prova, que arranca em Lisboa em 2008.

 

JFF/MHC/NFO/FSM.

Lusa/fim

 

http://helderrodrigues.no.sapo.pt/

 

Como puderam observar, o nosso companheiro Helder Rodrigues sofreu recentemente de um revés na sua carreira de piloto de enduro. De facto quer o destino, por vezes, trazer-nos á presença situações não desejadas que contrariam aquilo que almejamos, desejamos e, porque não dize-lo, sonhamos....

O Helder é esse rapaz sim! esse de quem todos falàmos e que todos conhecemos pelo resultado fabuloso que consseguiu na ultima prova do mitico Ralye Dakar. O Helder estava em competição, representando (brilhantemente) o nosso pais numa das mais conhecidas provas da especialidade a nívél mundial., o Ralye da Patagónia na Argrentina. Com este acidente, não somos apenas todos nós quem sofre da desilusão da "não-vitória", mas sim e acima de tudo o Helder e asua familia que enfrentam uma situação nova nas suas vidas. É por isso que aqui no Cavalo Alado decidimos publicar este modesto post de homenagem ao grande piloto nacional, demonstrando todo o apreço que temos por ele, e esperando que se recomponha o mais rápidamente possivél, afim de poder continuar a representar a sua equipa, o seu pais e todos os motociclistas portugueses por esse mundo fora. Força companheiro e que as curvas te sejam favoráveis!

Espermos por ti!

Alfredo-DOG

 

 

 

tags:

publicado por Cavalo Alado às 19:36
link do post | comentar | favorito

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30