Quinta-feira, 13 de Março de 2008

Carros ou Motos ?

Carros ou Motos?

Um dos sonhos mais comuns do “condutor padrão” de carro é que não existissem motos.
Mas isso, principalmente nas grandes cidades  como Lisboa e Porto, é impossível.
Nm trânsito caótico, onde há a necessidade de agilidade no acesso a diversas partes diferentes da cidade e com a falta, no caso do Porto, de transportes publicos realmente de qualidade e velozes, a moto é uma ferramenta indispensável.
Quem faz realmente congestionamentos, engarrafamentos e todo o mal nas ruas das cidades são os carros.
O sonho dos motociclistas e motards também é de não haver tantos carros, afinal ninguém quer morrer atropelado, essa é a grande verdade.

O grande trunfo fica mesmo nas mão do automobilista. Ele sim tem o poder de definir e moldar o trânsito nessas grandes cidades.Quer livrar-se realmente de um “motard”? Dê passagem! Não quer ouvir a chata da buzina? Não ocupe a estrada toda e respeite a sinalização.
Não quer ter o seu retrovisor partido ou arranhado? Use-o! Ele existe para ser usado, para si, sr. automobilsta, poder ver que existe outro veículo (moto) a pasar por perto e ter a gentileza de dar passagem a alguém que pode usar de uma vantagem real e leal para “cortar” o congestionamento e chegar mais cedo ao seu destino.

A maior parte das vezes a impressão que se tem é que o automobilsta inveja o motociclista, simplesmente porque uma moto pode passar num espaço físico que o carro não consegue.

Também sei que existe um grande número de “motards” que não respeita nada nem ninguém, mas pense: isso também acontece com automobilistas e a solução é sempre esta; quer-se matar, mate-se sozinho, dê espaço e deixe esse louco passar e ir embora para bem longe de si.

tags:

publicado por Cavalo Alado às 01:30
link do post | comentar | favorito

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30